Restos de Colecção: Cinema Berna

5 de setembro de 2019

Cinema Berna

O “Cinema Berna”, então propriedade do “Patriarcado de Lisboa”, foi inaugurado na Avenida Marquês de Tomar, em Lisboa, a 21 de Outubro de 1968.


Nota: a foto anterior foi tirada por ocasião dum ataque bombista de que foi alvo o "Cinema Berna", e de que falarei mais adiante. Publiquei como primeira desta artigo por, mesmo assim, ser a melhor que encontrei.

Esta sala de cinema seria fruto duma alteração, da responsabilidade do “arquitecto dos cinemas” Raúl Rodrigues Lima (1909-1980) ao edifício inicial que albergava um salão paroquial com sala de cinema, construído em 1966 junto à “Igreja de Nossa Senhora do Rosário de Fátima” projectada pelo arquitecto Porfírio Pardal Monteiro (1897-1957) e inaugurada em 12 de Outubro de 1938.

Terreno onde viria a ser edificado o Salão Paroquial e um jardim, em foto de 1967


Salão Paroquial em fase final de construção



Na noite de inauguração, a 21 de Outubro de 1968, do “Cinema Berna”, com 482 lugares distribuídos por plateia e balcão, e cuja exploração foi entregue à empresa de distribuição de filmes “Filmes Lusomumdo, S.A.R.L.”, foi exibido no dia da sua inauguração o filme de Jaques Deray “Borsalino”. Este cinema estava preparado para projecção de filmes de 35 e 70 m/m, servidos por uma moderna aparelhagem sonora.


Ficou na memória dos lisboetas a exibição da ópera rock “Jesus Cristo Superstar”, de Andrew Lloyd Weber e realizada por Norman Jewison e estreada em 14 de Dezembro de 1973, classificada no Grupo D para maiores de 18 anos … Viria a ser reexibida neste cinema com estreia em 4 de Maio 1977 conforme programa a seguir.

15 de Março de 1974


Interior de Programa, aquando da sua reposição estreada no "Cinema Berna" em 4 de Maio de 1977


Foi no início deste ano de 1977, mais precisamente em 12 de Janeiro, e a propósito da exibição do filme “Vitória em Entebbe”, que um auto apelidado “Grupo Autónomo” fez explodir um engenho explosivo, causando danos na entrada do cinema e destruindo as bilheteiras. A 19 do mesmo mês, viria a ser alvo de outra tentativa, não tendo passado disso mesmo. Ver primeira foto deste artigo.

                                                        Notícias no jornal de extrema esquerda "Página Um"
                                                                  
12 de Janeiro de 1977



19 de Janeiro de 1977


O “Cinema Berna”, encerraria definitivamente em Junho de 1991, com a exibição do filme “Dança com Lobos”, laureado com grande parte dos Óscares desse ano. Viria ser transformado nos primeiros estúdios de televisão do recém criado Canal 4 (actual TVI ), fundado por entidades ligadas à Igreja Católica - Rádio Renascença, RFM, Universidade Católica Portuguesa, Santuário de Fátima, Público, Editorial Verbo, Seminário do Cristo-Rei, Confederação Nacional dos Institutos Religiosos e a União das Misericórdias Portuguesas - e cuja primeira emissão experimental teria lugar em 20 de Fevereiro de 1993


Depois da TVI deixar este local, ele seria convertido de novo em salão paroquial, e mais tarde encerraria. Actualmente é propriedade da "Junta de Freguesia das Avenidas Novas", criada após as eleições autárquicas de 2013, resultado da agregação das antigas freguesias de Nossa Senhora de Fátima e São Sebastião da Pedreira, para além de uma pequena parcela de território anteriormente pertencente à "Junta de Freguesia de Campolide".


1 comentário:

Fernando Alvega disse...

Eu tive o prazer de fazer parte da história do Cinema Berna e de ter feito da equipa de projeccionistas que por lá passaram.