3 de junho de 2010

Transportes Aéreos nos Territórios Portugueses

Até 1961 foram 10 as organizações aeronáuticas de transporte de passageiros, correio e cargas para, e, nas colónias portuguesas dispersas pelos 4 continentes.

Eram as seguintes organizações de transporte aéreo:

“TAP - Transportes Aéreos Portugueses”, fundada em 1945 que tinha a cargo além das ligações internas na Metrópole, as ligações com as Ilhas e Colónias portuguesas.

                                                    Locheed L-1049G Super Constellation

                             

“SATA - Sociedade de Transportes Açoreanos”, fundada em 1947, para a ligações internas no Arquipélago dos Açores.

                                                                De Havilland DH-104 Dove 5

                              

Esta companhia iniciou os seus vôos com um avião Beechcraft (CS-TAA). Baptizado de "Açor", transportava 7 passageiros e 2 membros de tripulação, fazendo as ligações aéreas entre as ilhas de S. Miguel (na pista de Santana, até 1969), de Santa Maria e da Terceira (na pista da Achada, Lajes).

TAGP - Transportes Aéreos da Guiné Portuguesa”, para as ligações da Guiné com os países vizinhos

                                                                   De Havilland DH-114 Heron

                                

“TACV - Transportes Aéreos de Cabo Verde”, fundada em 1958 para ligações internas no arquipélago de Cabo Verde

                                                            De Havilland DH-104 Dove CR-CAR

                                

“STA - Serviços de Transportes Aéreos, de S. Tomé e Príncipe” e fundada em 1955, para ligações no arquipélago e países vizinhos.

“DTA - Direcção dos Transportes Aéreos, de Angola” e fundada em 1945, para ligações internas em Angola e com territórios vizinhos.

                                

Em 1945 existiam sómente 2 linhas de serviço regular: Linha Norte (Luanda - Ponta Negra) e linha Sul (Luanda – Moçâmedes e Lobito).Neste 1º ano foram transportados 3.001 passageiros. estas linhas eram operadas com aviões De Havilland Dragon Rapid, Klemen e Leopard Moth. Em 1973 transforma-se em TAAG - Transportes Aéreos de Angola.

DETA - Divisão de Exploração dos Transportes Aéreos”,  de Moçambique foi fundada em 1937, para as ligações internas em Moçambique e com territórios vizinhos.

                                                                            Douglas  DC-3

                                  

O 1º voo da Deta foi a ligação de Lourenço Marques a Joanesburgo, num monomotor transportando o piloto (Manuel Maria Rocha) e mecânico,  em 22 de Dezembro 1937. Partiu do campo militar “Carreira de Tiro” , única pista existente até então em Lourenço Marques. A Deta mais vocacionada para transporte de carga e correio , transportou o 1º e único passageiro em 1938.

TAIP – Transportes Aéreos da Índia Portuguesa”, fundada em 1955 para as ligações internas na Índia e  com territórios vizinhos e com Lisboa. Os TAIP começaram a operar com um avião De Havilland Heron, mas com o rápido aumento da frequência de voos e do número de passageiros transportados, depressa expandiram a sua frota para aviões de maiores dimensões. Em 1961 os TAIP dispunham de uma frota de sete modernos aviões (dois Vickers Viking, dois Douglas DC-4 e três Douglas DC-6).

                                                                                Viking, em 1956

                                    

No dia da invasão da Goa pela União Indiana a 18 de Dezembro de 1961 encontrava-se no Aeroporto de Dabolim apenas um Douglas DC-4 dos TAIP que escapou, juntamente com um avião da TAP, ao bombardeamento que sofreu aquela instalação. Neste ano encerrou a sua actividade.

                                                        Aeroporto de Dabolim, em Goa no ano de 1956

                                    

“TAT – Transportes Aéreos de Timor”, para ligações na ilha e territórios vizinhos.

                                                                          De Havilland DH-104

                                     

2 comentários:

Anónimo disse...

Obrigado muito.
Grandes fotos raras!
CR-IAC é um Viking e não um DC-4.
Considerações amáveis.
Martin

J.Leite disse...

Grato pela correcção.
Cumprimentos
J.Leite