Restos de Colecção: Papelaria e Tipografia Paulo Guedes & Saraiva

25 de julho de 2021

Papelaria e Tipografia Paulo Guedes & Saraiva

A "Papelaria e Typographia Paulo Guedes & Saraiva", abriu as suas portas na Rua do Ouro, 76-80 pela primeira vez em 15 de Março de 1905. Foram seus fundadores o fotógrafo Paulo Guedes (antigo empregado da papelaria "La Bécarre") e seu sócio Miguel Julio Saraiva, depois de terem tomado a loja à firma Bizarro da Silva.



1905

«Da muita competencia e honestidade do sr. Paulo Guedes ha muito a esperar, bem como da protecção dos seus amigos, que são quantos o conhecem. Prosperidades e longo futuro lhe desejamos.» in: revista "Tiro e Sport"


12 de Maio de 1914

O jornal "A Capital" em 29 de Junho de 1916, acerca deste estabelecimento, escrevia: 

«Nos nos. 76 a 80 fica a papelaria Paulo Guedes & Saraiva. Explora esta casa principalmente, artigos escolares, estando presentemente a tratar da edição de magnificos quadros historicos, com aguarelas de Roque Gameiro, que farão enorme sucesso. Edição caríssima, só commerciantes arrojados podiam lançal-a no mercado.
Os srs. Paulo Guedes e Saraiva foram os primeiros que introduziram no mercado objectos para pintura e desenho. Edições principais d'esta casa: "Cartas de Portugal em Relevo", "Lettra Moderma", Dornelas", "Methodos Cortezão e Almeida" e "Novo Methodo de Caligraphia Cortezão".»



1913



Capa e contra-capa de partitura de música em 1915


1916

E acerca do comércio da Baixa lisboeta, o mesmo jornal continuava:

«Renovar, transformar, imprimir a nota de modernismo e de elegancia - tal tem sido sido a preocupação dos nossos commerciantes, principalmente das ruas da Baixa. Faça-lhes a justiça devida. De todas as vezes que uma nova casa commercial se abre ao publico os nossos olhos affirmam-se longos em motivos de admiração, e de deslumbramento.»

Por outro lado, no: blog "Almada Virtual", pode-se ler:

«Paulo Emílio Guedes (1886-1947), nasceu em Mondim de Basto da Beira a 23 de Março de 1886 e faleceu em Lisboa a 1 de Dezembro de 1947. Foi fotógrafo de imagens que posteriormente editava em postais ilustrados através da sua firma "Papelaria e Tipografia Paulo Guedes e Saraiva", em 1912 já tinha publicado cerca de mil novecentos postais diferentes.


Na revista "Tiro e Sport" de 31 de Outubro de 1904


"Madames" à sombra numa foto de Paulo Guedes em 1912

Os agrupamentos temáticos abrangem panorâmicas de Lisboa, aspectos de rua, feiras, jardins, tipos populares, interiores e exteriores de edifícios, acontecimentos sociais e festividades religiosas. Sem nunca ter abandonado a actividade de fotógrafo, trabalhou nos últimos anos da vida como livreiro. 
Grande editora de cartofilia de grande qualidade e de predomínio fototípico. Como F. A. Martins , utilizou e cedeu clichés de e a outros editores, tendo editado para a província , por encomenda e com clichés de fotógrafos locais.
Conhecem-se-lhe varias colecções editadas , com numeração geral em romano ou em árabe pela ordem crescente e com sub numeração por localidade ou sub-colecções temáticas. A sua colecção geral intitula-se "Portugal " em que sobressaíram reportagens da situação politica e da vida portuguesa. Subdividiu-se em varias sub-colecções ou colecções temáticas.
A extinção da Papelaria Guedes herdeira da firma Paulo Emilio Guedes ocorreu antes de 1922. Paulo Guedes continuaria a sua actividade de fotógrafo.» 


Actor João Gil



Dramaturgo Marcelino Mesquita



29 de Dezembro de 1916


1920 (último anúncio deste estabelecimento a que tive acesso)

A propósito deste último anúncio publicitário, já em 22 de Dezembro de 1890, outra "Papelaria e Typographia Guedes" anunciava ...


A "Papelaria e Typographia Paulo Guedes & Saraiva", viria a encerrar entre 1921 e 1922, já que o edifício onde se encontrava foi adquirido pelo vizinho "Banco Lisboa & Açores", para ampliação e instalação dos seu serviços. 

O edfício contíguo ao "Banco Lisboa & Açores", e onde esteve instalada a Papelaria Guedes já na posse do Banco e sem lojas


Após a demolição do antigo edifício e ampliação da fachada do "Banco Lisboa & Açores"

Sem comentários: