19 de julho de 2014

5º Aniversário do “Restos de Colecção”

Hoje que o "Restos de Colecção" comemora o seu 5º aniversário, e contando já com 1.328 artigos publicados, aproveito a oportunidade, e pela primeira vez, para escrever umas breves palavras dirigidas a vós, fiéis seguidores, leitores e visitantes que muito me honram com a vossa presença diária.

Desde já, os meus agradecimentos, à disponibilidade da “Biblioteca de Arte - Fundação Calouste Gulbenkian”, da “Hemeroteca Digital” , do “Arquivo Municipal de Lisboa”, da “Biblioteca Nacional Digital”, do “IGESPAR”, do “SIPA”, entre outros igualmente importantes. Nada do que tenho vindo a desenvolver, seria possível sem o trabalho, dedicação e esforço dos conservadores destas prestigiadas instituições. Igualmente,  agradeço aos autores de muitos trabalhos académicos publicados na internet, e de outros trabalhos publicados em blogs de grande qualidade, que muito me auxiliam na vertente histórica, e que a par das instituições atrás mencionadas, assenta todo o meu trabalho diário.

Modelo inicial do “Restos Colecção”

Aos leitores e fiéis seguidores, razão da existência deste blog, cumpre-me agradecer os comentários, correcções e informações adicionais, que gentilmente acrescentam mais valia aos artigos aqui publicados. Acrescento que todo o trabalho deste tipo, não está, nem nunca estará, isento de erros, imprecisões e omissões, pelo que peço desculpa e agradeço, mais uma vez,  a vossa preciosa colaboração nas pertinentes e necessárias correcções a erros, imprecisões e omissões. Tenham sempre em conta que não passo de um autodidacta e que, dentro das minhas capacidades tento dar o meu melhor, e que por vezes tais erros já vêem das fontes a que recorri, sem com isto me tentar desculpar. De qualquer modo tento sempre verificar e tentar ser sempre o mais completo e rigoroso possível.

Queria, igualmente,  aproveitar a oportunidade para esclarecer que o "Restos de Colecção", como é do conhecimento geral, além de versar assuntos, basicamente, anteriores a 1974, se baseia maioritariamente em temas da zona da grande Lisboa.Tal fica a dever-se ao facto não só de ser mais do meu conhecimento dentro da minha idade (55 anos), como, e acima de tudo, existir muito mais informação, fotografias, documentação etc, disponíveis do que do resto do país, o que  lamento. Sempre que me "aparece" algum "material" significativo de outra cidade ou região, não me rogo a esforços em divulgar, como decerto são testemunhas.

Apesar do meu cuidado, não estou isento de alguma vez, sem intenção, invadir a propriedade intelectual ou direitos de autor, pelo que aproveito a pedir desculpa pelo facto, e agradeço que me chamem à atenção, quando for caso disso, o que até agora só aconteceu, e felizmente, uma vez em relação a uma transcrição de 4 linhas de um trabalho académico, e me ter esquecido de mencionar a fonte.

O primeiro artigo publicado a 19 de Julho de 2009

 

Vou tentar prosseguir este trabalho, assim a saúde mo permita e, como escreveu Luiz Vaz de Camões no Canto I de “Os Lusíadas” …

«- Cantando espalharei por toda a parte,
Se a tanto me ajudar o engenho e arte.»

Neste caso não será só o «engenho e arte», já que o meu trabalho está, e estará, sempre dependente da disponibilização de fotos e documentos que, as fontes atrás citadas têm vindo continuadamente e generosamente a disponibilizar.

Peço desculpa por este texto um pouco longo, mas … A todos vós, e mais uma vez, os meus sinceros agradecimentos, não só pela vossa visita e colaboração, como pelas vossas generosas e amáveis palavras e comentários.

Os meus melhores cumprimentos a todos

José Leite

27 comentários:

Manuel Tomaz disse...

Na passagem do 5º aniversário do "Restos de Coleção", envio os meus parabéns e agradecimento pelo belíssimo blogue.
Os meus cumprimentos,
Manuel Tomaz

José Leite disse...

Caro Manuel Tomaz

Eu é que agradeço a sua habitual visita ao meu blog.

Com os meus agradecimentos, os meus cumprimentos.

José Leite

Paulo Lopes disse...

Parabéns pelo inestimável trabalho que nos tem apresentado, nestes primeiros 5 anos.
O seu blog tem sido uma das fontes a que recorro e que por diversas vezes já utilizei (referindo sempre a fonte e colocando o respectivo link), para mostrar aspectos da nossa Lisboa de outros tempos, principalmente no que se refere às Avenidas Novas.
Espero e desejo, que o sucesso do "Restos de Colecção" se mantenha por muitos e bons anos.
Paulo Lopes

José Leite disse...

Caro Paulo Lopes

Muito grato pelas suas amáveis palavras.

Fico sempre muito feliz quando sei que o meu trabalho é utilizado por outros. Sinal que tem utilidade e alguma qualidade.

Com os meus agradecimentos, os meus cumprimentos

José Leite

Luis Miguel Correia disse...

Felicitações do Luís Miguel Correia e do BLOGUE DOS NAVIOS E DO MAR, e desejos de sucesso continuado por muitos anos.

Cumprimentos do LMC

José Leite disse...

Caro Luís Miguel Correia

Muito obrigado pelas suas palavras.

Desejo o mesmo ao seu blog, que visito regularmente.

Os meus cumprimentos

José Leite

*rosam@r disse...

Parabens pelo aniversário e muito obrigada por tudo q tem compartilhado.
Rosamaria
.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.


Um brinde ao RESTOS DE COLEÇAO!!!
°*___ °*__*°
** \_/*** \_/ * TIM-TIM!
**_|_ **_|_


.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.

José Leite disse...

D. Rosa Maria

Não tenho palavras para a simpatia do seu comentário.

Resta-me responder ...

TIM-TIM!

Os meus cumprimentos

José Leite

Casa do Brigadeiro disse...

Só tenho a agradecer o excelente trabalho que tem desenvolvido e esperar que outros cinco se repitam com a qualidade e diversidade dos temas apresentados.
Reiterados agradecimentos
Fernando Pereira

José Leite disse...

Caro Fernando Pereira

Muito agradeço o seu comentário, e as simpáticas palavras que escreveu.

Os meus cumprimentos

José Leite

João A. disse...

Muitos parabéns pelo aniversário. Acho o R. C. um trabalho notável, e agradeço-lhe pelo tempo que a ele dedica.

Nuno Ferreira disse...

Caríssimo José Leite
Faço minhas as inequívocas palavras deixadas pelos comentários dos visitantes.
São poucos os blogues que visito diariamente. O seu é, obviamente, um deles.
Sou professor de História. Nas minhas aulas de história de Portugal Contemporâneo mostro o seu blogue para mostrar aos alunos que a História é, e deve, ser viva. O seu blogue é o exemplo máximo disso mesmo.
Um abraço e que a Colecção nunca deixe de ter Restos!

LuisY disse...

Tornei-me há pouco seguidor do seu blogue e encontro sempre muito interesse na compilação de imagens que faz. Ler o seu blogue é como folhear revistas antigas.

Um abraço e parabéns

aragonez disse...

Do alto dos mais de setenta, tenho apreciado diariamente o seu blog.
Com ele, a minha vida já se cruzou várias vezes.
Um muito obrigado por um espaço que me dá gosto ler, no meio tendendo para valor zero do que hoje se publica.
Emídio Aragão Teixeira

José Leite disse...

Caros Luís, João A.,Nuno Ferreira e Emídio Teixeira.

Muito me sensibilizam com as vossas simpáticas e amáveis palavras em relação ao trabalho que tenho vindo a desenvolver.

Com os meus agradecimentos, os melhores cumprimentos

José Leite

João Celorico disse...

Também eu, há já 5 anos, me meti nesta coisa dos blogs e parafraseando alguém, poderei dizer:

“ ... blogs, não caia nessa!
Olhe que a gente começa,
às vezes por brincadeira
e depois se se habitua,
já não tem vontade sua
e fá-los, queira ou não queira!”

porém, deixo o meu conselho:

Quem se sentir angustiado
nos tempos que hoje se vão,
poderá viajar no passado
no “Restos de Colecção”!

E não será nada extraordinário
que eu lhe peça que me aceite,
festejando este 5º aniversário,
o meu Bem haja, José Leite!

João Celorico

Dona Maria disse...

Parabens e obrigada pelo seu belo e interessante trabalho do qual, sou uma "seguidora" assidua.
Boa Continuacao!
Cumprimentos

José Leite disse...

Caro João Celorico

Desta não estava à espera !!!!

Já sabia que o amigo João Celorico era um homem culto, pelas seus generosos, pertinentes e sempre bem-vindos comentários, ao longo dos tempos, neste blog.

Agora que tinha "veia" poética desconhecia .... :)

Apreciei imenso a sua intervenção, e só tenho a agradecer a sua generosidade.

Um abraço

José Leite

José Leite disse...

Dona Maria

Grato pelo seu amável comentário

Os meus cumprimentos

José Leite

A. Marques disse...

Caro Sr. José Leite,
É com prazer e interesse que visito regularmente o seu blog. Não quero por isso, deixar de felicitá-lo pelo 5.º aniversário do «Restos de Colecção», e cumprimenta-lo pelo labor e rigor que poe em cada uma das suas publicações.
Parabéns!
Cordiais saudações,
Alberto Marques

José Leite disse...

Caro Alberto Marques

Muito obrigado pelas suas palavras e seu comentário.

Os meus cumprimentos

José Leite

retrovisor3 disse...

Sinceros parabéns José Leite por todo o seu trabalho de recolha que faz do Restos de Colecção um precioso arquivo de imagens e dados do século XX em Portugal.
Votos de longa vida e muitos sucessos para o Restos de Colecção!
Vera Futscher

José Leite disse...

Vera

Mais uma vez muito agradeço as suas gentis palavras em relação ao meu trabalho.

Se me permite faço suas as minhas palavras retribuindo-lhe as maiores venturas, para si e para o seu precioso blog "Retrovisor", que sigo regularmente.

Os meus cumprimentos

José Leite

João Celorico disse...

Caro José Leite,
Só hoje pude ler a sua resposta ao meu comentário e a mesma me deixou “zonzo” com tantos encómios. Bem haja, por isso!
Relativamente a ser culto, posso dizer que já há algum tempo estou na fase do “sei que nada sei” e penso que o amigo José Leite também por aí andará.
Quanto à “veia poética”, eu também já há algum tempo me apercebi duma tal “veia” algo saída que vou tentando que o colesterol a não entupa. Se, por vezes, a verve não for tão fluída quanto eu desejaria, espero que isso não afecte ninguém.
Porém, se lhe sobrar algum do seu tempo ou a curiosidade for muita, poderá satisfazê-la numa breve visita ao meu blog “Salvaterra e eu” onde, decerto, será bem recebido!

Abraço e tudo de bom

João Celorico

José Leite disse...

Caro João Celorico

Irei visitar com muito prazer o seu blog.

Abraço

José Leite

Pedro Ribeiro disse...

Caro José Leite,
O meu muito obrigado por esta fonte de conhecimento e votos de muita energia para que possa continuar esta grande obra.

Abraço
Pedro

José Leite disse...

Caro Pedro Ribeiro

Muito obrigado pelas suas simpáticas palavras.

Cumprimentos

José Leite