18 de outubro de 2013

Turismo dos Caminhos de Ferro Alemães

A "Secção de Turismo dos Caminhos de Ferro Alemães", estabelecida em Portugal desde 1938, inaugurou as suas novas instalações em Lisboa e no Porto em Novembro de 1942. As novas instalações da sucursal na cidade do Porto, inauguradas a 26 de Novembro de 1942,  localizavam-se na Rua de Santo António.

Na cidade de Lisboa, a sua sede, no edifício de esquina da Rua Garrett com a Rua do Carmo, - com entrada pela Rua Garrett - foi inaugurada em 11 de Novembro de 1942. O projecto destas instalações ficou a cargo dos arquitectos vienenses Beever e Ruczka, e «na obra foram empregues somente materiais portugueses».

Imagens de 1943 da "Secção de Turismo dos Caminhos de Ferro Alemães" em Lisboa

    Loja de modas de senhora, antes de ser substituída pelos “Caminhos de Ferro Alemães” e obras de transformação

 

Turismo C.F. Alemães.1 

 

A “Secção de Turismo dos Caminhos de Ferro Alemães" em Portugal, teve como seu primeiro director  E. A. Strasen.

«Esta inauguração mostra o desejo da Secção de Turismo dos Caminhos de Ferro Alemães de intensificar as relações culturais e de amizade luso-germanicas.» in Diário de Lisboa.

Para melhor se compreender a citação anterior, consultar neste blog o artigo acerca da posição política de Portugal face à II Guerra Mundial, no seguinte link: “Neutralidade Portuguesa na II Guerra”.

Imagens do interior da loja

 

  

Todos os serviços de informações e envio de prospectos referentes ao turismo na Alemanha eram grátis e …

«(...) o visitante que ali vá, por simples curiosidade, fica encantado com as fotografias de paisagens e edifícios antigos de que a nação germânica mais se orgulha.
As novas instalações estão montadas com luxo, elegância e bom gôsto, denotando, sobretudo, um acentuado predomínio da arte imperialista alemã, onde abundam motivos de fausto e de grandiosidade. Assim, as ruas do Carmo e Garrett ficam dispondo de mais um valioso ornamento para a sua boa apresentação de principais artérias da Capital.
As instalações do Pôrto também obedeceram ao mesmo critério de luxo e grandeza, com o que se contibuíu igualmente para o embelezamento da rua de Santo António.» in Gazeta dos Caminhos de Ferro

Imagens das instalações no 1º piso

  

Turismo C.F. Alemães.6 

Apesar desta lisonjeira notícia a "Gazeta dos Caminhos de Ferro" terminava a mesma escrevendo: «Não recebemos convite para a inauguração.». Mas, vá lá! … nem tudo foi mau! Não comeram uns croquetes e acepipes, mas pelo menos venderam o anúncio de página inteira, na sua revista, aqui publicado no início deste artigo.

Foi nestas instalações que viria a ter lugar a “Exposição do X Aniversário do III Reich”  (1933-1943), inaugurada em 29 de Maio de 1943, e que será recordada num próximo artigo já elaborado e ser publicado oportunamente.

Actualmente, e depois da reconstrução da zona atingida pelo grande incêndio do Chiado em 1988, o estabelecimento tem uma aparência, e não só, completamente diferentes, e é ocupada pela loja da cadeia “Nespresso”

 

fotos in: Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian, Hemeroteca Digital

2 comentários:

Fernando Laureano disse...

Uma vez mais venho a agradecer o magnifico artigo aqui publicado.
Obrigado

José Leite disse...

Caro Fernando Laureano

Não tem que agradecer.

Grato pelas suas palavras

Os meus cumprimentos

José Leite