28 de junho de 2018

Cinema Castil

O “Cinema Castil”, foi inaugurado no “Edifício Castil”, na Rua Castilho, em Lisboa, a 2 de Fevereiro de 1973, tendo sido projectado pelo arquitecto Edgar Mota com a colaboração do designer Eduardo Afonso Dias.

“Cinema Castil” em Dezembro de 1976

Esta sala de cinema, com 508 lugares, foi inaugurada com o filme "Que Se Passa Doutor", interpretado por Barbra Streisand e Ryan O'Neal, ainda com o “Edifício Castil” - projectado pelo arquitecto Francisco da Conceição Silva (1922-1982) - em fase de acabamentos vindo a ser inaugurado só a 1 de Novembro do mesmo ano de 1973.

“Edifício Castil” e o “Cinema Castil” no canto inferior direito do mesmo

A concessão, desta sala de Cinema foi entregue à "Sociedade Administradora de Cinemas, Lda.", proprietária do "Cinearte" no Largo de Santos, e do Cinema-Teatro "Monumental", na praça Duque de Saldanha e cujos sócios, nesta data, eram: Major Horácio Pimentel; Dr. Silva Ferreira; Dr. Almeida Faria e Machado Barreto. Todos eles estiveram presentes na inauguração assim como o director-geral da "Columbia Pictures Industries, Inc." em Portugal, Samuel Parker, assim como o vice-presidente da empresa distribuidora “Columbia & Warner”, Frank Pierce, «que se deslocou de Londres expressamente para assistir à sua estreia».

  

Quanto às características do “Cinema Castil” o jornal “Diario de Lisbôa” descrevia:

«O Cine-Castil é dotado de amplos "foyers", distribuídos por vários pisos, onde existem zonas de estar, até ao bar, que permite a visão do interior do cinema, o que possibilita a quem chegue tarde não perder o filme e, por consequência não transtornar o funcionamento da sala.
O novo edifício dispõe também de um parque de estacionamento com capacidade para 200 viaturas. No acto da compra dos bilhetes será entregue aos espectadores uma senha, que permitirá uma redução no pagamento da taxa de estacionamento. (...)
No programa, seguir-se-á a película "Perdido por Cem" de António Pedro de Vasconcelos, um dos nomes do novo cinema português.»

       

 

                                                 Programa e bilhete gentilmente cedidos, pelo blog “IÉ-IÉ” e por Carlos Caria, respectivamente

O “Cinema Castil” viria a encerrar definitivamente em 27 de Outubro de 1988, após a última exibição do filme “Poltergeist III - Eles Estão de Volta”. O seu espaço viria a ser ocupado por uma agência do “BBVA”.

                                  27 de Outubro de 1988                                                               28 de Outubro de 1988

                                        

 

fotos in: Arquivo Municipal de Lisboa, “Percursos do Design em Portugal - Vol III - Imagens” de Vítor Manuel Teixeira Manaças

Sem comentários: