25 de abril de 2012

Escola Comercial de Patrício Prazeres

Augusto Patrício dos Prazeres, nascido em 1858 foi contabilista, professor e político, e reformador da Contabilidade Pública em 1907 e da Lei de Seguros do mesmo ano.

                                                         

No ano de 1945/46 esteve sucessivamente em edifícios no Largo do Contador-Mor, da Escola Primária Nº 10 da Costa do Castelo (fotos anteriores), do Paço de S. Vicente e, em comum, com a Escola Técnica Elementar Nuno Gonçalves.

Fotos no ano lectivo 1945/1946 da “Escola Comercial de Patrício Prazeres”, que partilhava o edifício da “Escola Primária nº 10”, na Costa do Castelo em Lisboa.

                      

                                    

 

Nesta Escola também funcionou o Centro de Instrução n.º 19 de Aeromodelismo da Mocidade Portuguesa. Estes centros viriam a estar na origem da fundação do “CAL - Clube de Aeromodelismo de Lisboa”, em 26 de Setembro de 1952 e que ainda hoje existe.

 

 

Em 24 de Maio de 1956, finalmente a Escola viria a ocupar um edifício construído de raíz, com capacidade para 1.000 alunos de ambos os sexos. Situada nas traseiras do Convento de Santos-o-Novo, no Alto do Varejão junto à Avenida Mouzinho de Albuquerque, nela ministrar-se-ia o Curso Geral do Comércio, tendo tido início no ano lectivo 1957/1958, a alunos de ambos os sexos.

                                 

Presentemente é a “Escola Integrada Patrício Prazeres”.

Nota: para a elaboração deste post foi consultado também o blogue: Ruas de Lisboa com Alguma História

fotos in: Ruas de Lisboa com Alguma História, Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian, Arquivo Municipal de Lisboa

6 comentários:

Ricardo Moreira disse...

A minha antiga escola...
Quando entrei nela, ano lectivo de 1984/85, a escola tinha cerca de 2000 alunos!
Nos anos seguintes e à medida que aquela zona foi perdendo população ao mesmo tempo que iam sendo construídas novas escolas na zona de Chelas, o número de alunos inscritos na Patrício Prazeres começou a baixar bastante.
Quando saí de lá, em 1990, penso que estariam inscritos pouco mais de 1000 alunos.

José Leite disse...

Amigo Ricardo Moreira

Muito grato por mais um seu comentário acrescentando preciosa informação.

Abraço

José Leite

APS disse...

Caro José Leite

Mais um belíssimo "post" do amigo, mas desta vez de uma Escola localizada actualmente no meu "sítio".
Obrigado pela referencia do blogue.
Um abraço
APS
E VIVA O 25 DE ABRIL!!!

José Leite disse...

Amigo Agostinho

Grato pelo seu comentário e não tem que agradecer a referência que fiz ao seu blogue.

Recorri, mais uma vez, a mais um dos seus completíssimos, aturados, precisos e históricos artigos acerca das ruas da nossa Lisboa.

Um abraço

José Leite

Anónimo disse...

Fui dos que foram inaugurar a nova escola no Vale Escuro com vista para o Tejo.
Lembro me que era uma escola exemplar que foi visitada pelo grande estadista Juscelino Kubitchek na altura Presidente do Brasil...
O director era um liberal Dr. Benjamim Gonçalves......hoje está uma latima toda vandalisada que tristesa....

Labirinto de Emoções disse...

Frequentei a nossa Escola Patricio Prazeres na altura apenas seccção feminina na Costa do Castelo no 3ª ano ano lectivo 1965/66 e depois passei para o Alto Varejão em onde terminei m Curso Geral de Comercio em 1969.
Tive como director o meu querido Dr. Benjamim Gonçalves e sub Director o Dr. Palma Carlos.
Muito anos mais tarde quando eu era funcionária da Camara dos Revisores Oficiais de Contas, tive o grato prazer de o rever, porque na altura ele era Revisor Oficial de Contas, sócio da Càmara (que hoje é Ordem dos Revisores Oficiais de Contas).
Qual não é o meu espanto, quando ele chega à Secretaria para pagar as quotas e olha para mim e diz com um sorriso rasgado...Tu foste aluna da minha escola!!
Obvio que eu já o tinha reconhecido, mas aquele SR. tinha de facto uma memório prodigiosa, pois reconhecia cada aluno que tinha por lá passado..:-)))
Foi um reviver muito bonito, pois na nossa PP passei os melhores anos da minha juventude.
Maria Teresa