6 de maio de 2015

Centro Mobil de Trânsito

O "Centro Mobil de Trânsito", foi construído no "Jardim Zoológico de Lisboa" por iniciativa da Mobil Oil Portuguesa”, junto ao "Jardim dos Pequeninos", tendo sido inaugurado a 10 de Maio de 1963, pelo Ministro das Comunicações e pelo Subsecretário de Estado da Educação Nacional.

Este Centro tratava-se de uma instalação fixa, destinada a permitir o ensino das regras de trânsito à população infantil e à aquisição, por esta, de hábitos de segurança rodoviária. Em visitas sucessivas, as crianças recebiam ensinamentos, por meio de jogos, exercícios, concursos e breves lições, teóricas e práticas. Para tal estava equipado de uma sala de aula com capacidade para 30 crianças, sala de recepção, instalações sanitárias e um pequeno posto de socorros, além de um armazém de material.

   
                                                                                            gentilmente cedido por Carlos Caria

 

 
4 fotos anteriores gentilmente cedidas por Carlos Caria

Para a prática de conhecimentos ministrados na aula, existia uma pista concebida por forma a incluir o maior número possível de problemas de circulação, com recurso à maioria dos sinais de trânsito, pista essa constituída por ruas alcatroadas, passeios empedrados, passagens de peões devidamente assinaladas, passagens superiores e inferiores, parques de estacionamento, paragens de transportes colectivos, etc. A isto tudo, juntavam-se 4 semáforos luminosos, de comando manual, que permitiam aos orientar o trânsito de peões e "automobilistas" na avenida principal. Todos os sinais estavam montados em bases fixas, mas com a possibilidade de serem deslocados e trocados de lugar de forma a serem criados diferentes esquemas de circulação.

Para tal o "Centro Mobil de Trânsito" dispunha de material circulante composto por pequenas réplicas de "karts", movidas a pedais, além de um camião-tanque miniatura e outras viaturas especiais.

Segundo a sua organização: «É também objectivo do Centro Mobil de Trânsito servir de "laboratório", para ensaio de métodos de ensino infantil da segurança rodoviária, posto à disposição dos metodólogos e professores aos quais é, quase sempre, difícil improvisar materiais e locais que lhes permitam reproduzir, ou recriar, o trânsito verdadeiro, da maneira mais convincente e atraente.»

Nota: Acerca da história da “Mobil Oil Portuguesa” consultar neste blog o seguinte link: “Mobil Oil Portuguesa”.

Instalações da “Mobil Oil Portuguesa” em Cabo Ruivo, em Lisboa

Sem comentários: