27 de março de 2013

Cavan S.A.

A "Sociedade Portuguesa Cavan S.A." foi fundada em 23 de Junho de 1932 por Jean Baptiste Deffense, altura em que monta uma fábrica na Póvoa de Santa Iria, e instala a sua sede na Rua D. Estefânia em Lisboa.

Fábrica na Póvoa de Santa Iria

 

 

 

1940

A “Cavan S.A.”  tem a sua origem na empresa "Poteaux Cavan" constituída por Pierre Van Caillie e Jean Baptiste Deffense, na Bélgica em 14 de Março de 1924.

“Poteaux Cavan” na Bélgica nos anos 20 do século XX

    

Em 1928 Jean Baptista Deffense, é convidado pela então “CRGE - Companhia Reunidas de Gás e Electricidade”, para fabricar os primeiros postes em betão armado em Portugal para uma rede eléctrica em Sintra.

Inicialmente, além da fabricação de postes em betão armado para alta e baixa tensão, subestações, postes para electrificação de linhas férreas e linhas de trolley-buses, manilhas e tubos em betão, também fabricava granulados de mármore, mosaicos hidráulicos e azulejos.

 

Mosaico “Cavan” em ringue de patinagem

Cavan.60

1943

Postes para a iluminação do Parque Eduardo VII em Lisboa

          Pórtico para Subestação                  Figueira da Foz                    Furadouro-Ovar           Transporte e Iluminação

   

Na 2ª foto anterior o candeeiro na Figueira da Foz, é do mesmo modelo que equipou a estrada marginal Lisboa-Cascais durante décadas, e que quase todos os dias pelo menos um era derrubado por um automóvel devido a acidente.

Candeeiros “Cavan” na estrada marginal Lisboa-Cascais

Estrada Marginal (23)

 

       Electrificação Linha Férrea                    Lisboa                     Posto de Transformação       Trolleybus em Coimbra 

   

A partir de 1940 são montadas mais cinco fábricas em Portugal Continental, em Ovar, Setúbal, Granja de Alpriate,Vila Real, e Faro.

Em 1940 a “Cavan” expande-se para o Brasil. Jean Baptiste Deffense, cria no Brasil, nesse ano, a empresa “Postes Cavan, S.A” e monta a sua primeira fábrica na cidade de Osasco na região da grande São Paulo. Seria o embrião para a criação de mais 28 fábricas espalhadas pelo Brasil.

A administração da “Cavan” no Brasil a partir dos anos 70 do século XX passa a ser feita pelo português Joaquim Furtado Leote até 1983, altura que sai e monta em 1984 outra fábrica concorrente, em São Gonçalo de Sapucaí, no estado de Minas Gerais, propriedade duma nova empresa designada "ERG - Empresa de Premoldados de Concreto, Ltda.". Esta empresa foi resultado da sociedade constituída em 8 de Outubro de 1984, entre quatro portugueses, Joaquim Furtado Leote, Manuel Cruz Azevedo, Agostinho Laranjeira Correia e o engenheiro João da Costa Jacinto, sócio da empresa portuguesa “Sociedade de Construções ERG, Lda.”.

“Cavan / Notícias” no Brasil  (primeira e última páginas)

Cavan.57

Fábrica da ERG em S. Gonçalo de Sapucaí

                                                                                  Catálogo da ERG

             

Tradução de termos técnicos do brasileiro para português: Concreto=Betão, Galpões=Armazéns, Cochos=Manjedouras e Mourões= Postes para cercas

  

A “Cavan” entretanto cria uma holding de seu nome CEPEC que englobava empresas que iam desde a fabricação de produtos em betão armado, passando por transportes - “Transportadora Cavan, S.A.” gerida pelo português Manuel Cruz Azevedo - metalurgia, montagem de linhas eléctricas e serviços. A partir da década de 90 do século XX, começa a reduzir drasticamente as suas actividades no Brasil, mantendo, actualmente, apenas uma reduzida actividade sem expressão comercial.

                                                                           “Transportora Cavan, S.A.”

                                 

 

Em 1957 expande-se para Moçambique montando uma fábrica na Machava em Lourenço Marques.

                                                                                           1959

                          Cavan.19

       Poste 14mts c/ travessas canadianas           Fabricação de poste via curva                       Ensaio no LNEC           

           

Em 1970 expande-se para Angola e finalmente em 1991 também estende-se à África do Sul, exportando postes de alta e baixa tensão para os territórios de Macau e Timor.

                                                      Excerto de folheto de finais dos anos 70 do século XX

      

A 25 de Junho 1994 foi montada, uma torre de telecomunicações, desenhada e construída pela "Cavan", numa só peça (record mundial) com um peso de mais de 100 toneladas, e 74 metros de comprimento na Serra de São Mamede, Portalegre para a "TDP - Teledifusora de Portugal".

Depois de celebrar, em 2002, os seus 75 anos em Portugal e dirigida, pelos descendentes directos do seu fundador, a "Sociedade Portuguesa Cavan S.A." é líder internacional nas áreas de design e fabrico de postes de betão pré-fabricado, exportando para a U.E. e África.

A "Sociedade Portuguesa Cavan S.A.", ainda hoje existe e tem a sua sede na Rua Visconde Valmor, 76 -1º em Lisboa, e fábrica em Santa Iria da Azóia. Além de ter sucursais em Faro, Ovar, Vila Real, Setúbal, mantém uma delegação em Sevilha.

Nota: a quase totalidade das fotos e documentos publicados neste artigo, foram disponibilizados por Filipe da Cruz Azevedo, a quem, mais uma vez, agradeço.

fotos in: Espólio de Filipe Cruz Azevedo, Cavan

12 comentários:

João Calisto Belo disse...

Caro Amigo,
Verifiquei que localiza a fábrica CAVAN na freguesia de Povoa de Santa Iria/V.F.XIRA! Nada de mais errado! A dita fábrica fica localizada na freguesia SANTA IRIA DE AZÓIA/LOURES!
Abraço,

José Leite disse...

Caro João Belo

Fui verificar a sua correcção e consultando o site da Cavan, S.A. verifiquei que a minha informação da localização da fábrica na Póvoa de Sta. Iria, estava correcta.

Os meus cumprimentos

José Leite

59carlosfrancisco disse...

Caro Josè Leite

A foto que indica ser uma Subestação, não o é. Efectivamente trata-se de um Posto de Transformação tipo torre ou também designado Posto de Tranformação Cabine Alta.

Cts

José Leite disse...

Caro Carlos Francisco

Tem toda a razão.

Grato pela correcção

Os meus cumprimentos

José Leite

JPS disse...

É claro meus senhores que a Cavan estava estacionada na Póvoa de Santa Iria e não em Santa Iria da Azoia. Eu que morei muitos anos na Vidreira, desde os 2 aos 22, posso dizer-vos que uma grande parte da minha vidinha, até por volta dos 11/12 anos era, foi, passada á volta da Cavan. Quase todos os dias ía apanhar boleia nos camiões que íam buscar os postes e as manilhas para serem distribuidos por todo o país. Os camiões davam a volta passando ao pé da fábrica velha e atravessando a linha do comboio íam pela estrada da Póvoa que desenbocava na EN10, mesmo por cima da Vidreira onde nós, os putos do sítio saltavamos para o chão. Até que um dia acordei no Hospital São José.

Unknown disse...

Boa tarde,

Tenho acompanhado a discussão sobre a localização da CAVAM Póvoa / Santa Iria da Azóia e até já me manifestei alegando que seguramente ficaria em Santa Iria . Pois bem, foi abalada a minha "segurança" que derivava da sua localização actual ser em Santa Iria e no site da Cavam aparecer Póvoa de Santa Iria ( ainda que com o endereço de S.Iria ) e portanto assumi que desde o inicio haveria essa confusão . Hoje numa troca de impressões ( partindo do seu blog) falei com pessoas que tiveram familiares que trabalharam na Cavan na Póvoa , e embora não saibam em que data veio para Santa Iria apontam para os anos 50 . Eu´entretanto já enviei um mail para a CAVAN para tentar clarificar as datas e obter mais informações. Logo que isso aconteça envio-lhe . Peço desculpa de o ter feito fazer alterações indevidas .
Cumprimentos

Cristina Mendes

José Leite disse...

Caro JPS

Grato pela sua informação.

Eu tinha seguido o endereço do folheto publicitário, mas apareceram os leitores que de pronto me corrigiram ....

Vou alterar definitivamente para Póvoa de Santa Iria que me parece mais certo

Os meus agradecimentos

Os meus cumprimentos

José leite

José Leite disse...

D. Cristina Mendes

Não tem problema.

Que tem dado muita discussão a localização desta fábrica tem ... :-)

Os meus agradecimentos e cumprimentos

José Leite

Anónimo disse...

eu ca em setubal sei de um local que visitei que esta cheio de esses azulejos e tambem com azulejos a dizer mosal,pesquisei,mas so achei mesmo este blog(a casa esta em ruinas,e gigante)

Sandra G disse...

Boa tarde,

Sou colaboradora da Cavan e ao ver a vossa dúvida, não pude deixar de a esclarecer.A nossa fábrica fica em Santa Iria da Azóia, lugar de D. Pedro.
Realmente ela no inicio esteve em Póvoa de Santa Iria, mas a partir dos ano 1949/50 passou para Santa Iria da Azóia até aos dias de hoje.

Quero agradecer o post dedicado a uma empresa que resiste há tantos anos no nosso país.
Obrigado
Sandra G

José Leite disse...

D. Sandra G.

Muito grato pelo seu esclarecimento.

Realmente resistir estes anos todos, e felizmente, é notável.

99 % do material fotográfico e documental aqui publicado, como referi, foi-me disponibilizado por Filipe Cruz Azevedo, meu primo e filho de um dos sócios da extinta ERG no Brasil.

Fiz este artigo, e publiquei-o quando estive no Brasil aproveitando o referido espólio.

Os meus cumprimentos

José Leite

alkaide disse...

Gostei de ver a história da CAVAN. Conheci o seu fundador Jean Baptiste Deffense, porque trabalhei na empresa durante 16 anos (de 1957 a 1974), com inicio da actividade na Rua D. Estefânica, n.º 42 e 174 e, por último na Av. Visconde Valmor.