22 de janeiro de 2014

Companhia Torres Novas

A “Companhia Nacional de Fiação e Tecidos de Torres Novas, S.A.R.L”., mais conhecida como “Companhia Torres Novas” pela marca que usou, foi fundada e instalada na Rua da Fábrica, em Torres Novas, a 2 de Outubro de 1845. Preparada, inicialmente, apenas para cânhamos e tecidos grosseiros, utilizando máquinas para fiação mecânica, era controlada pela firma “Casa Bensaúde & Cª, Lda.” com sede em Ponta Delgada nos Açores, e que também controlava a “Fiação e Tecelagem Micaelense”, na Ribeira Grande (S. Miguel, Açores), e viria a fundar em 1871 a Empresa Insulana de Navegação.

Torres Novas.2

Logo

No início da sua actividade a “Companhia Torres Novas” dedicou-se à produção de artigos básicos, com pouco valor acrescentado e genéricamente destinados a serem utilizados como matéria-prima pelos seus próprios clientes - fios de linho, de juta, de algodão, lonas de algodão, etc - predominantemente vendidos no mercado interno.

Em 1881 já ocupava o 12º lugar na lista das 50 maiores empresas da indústria transformadora portuguesa, com 403 trabalhadores. Apesar de já ter publicado esta lista no artigo intitulado Indústria Têxtil em Portugal e a FNIL”, publico-a de novo pela sua importância e enquadramento histórico.

1881

1943

1944

Em 1972, e para fazer face à concorrência externa, introduz a produção de tecidos turcos, expandindo o seu mercado de exportação, mas sem abdicar da consolidação da sua presença no mercado nacional, marcando presença nas lojas tradicionais do segmento médio alto.

Torres Novas.1 Torres Novas.5

Torres Novas.3 Torres Novas.4

Torres Novas.6 Torres Novas.7

A “Companhia Torres Novas” passou a ser uma empresa têxtil que produzia atoalhados e roupões em tecido turco. Tornava-se uma unidade vertical em termos produtivos controlando todo o processo de fabrico desde o fio de algodão até ao produto final, garantindo deste modo a alta qualidade dos seus produtos, que eram os seguintes:

- Toalhas de fantasia em jacquard e riscas
- Toalhas lisas
- Roupões, quimonos e chinelos
- Acessórios de banho

Stands na “FIL - Feira das Indústrias de Lisboa

Torres Novas.12

Torres Novas.10 Torres Novas.9

Torres Novas.11 

A partir de finais da década de 70 do século XX os problemas de concorrência externa e problemas internos, foram provocando a decadência e o avolumar dos problemas financeiros desta empresa, pelo que ao fim de 165 anos de existência foi decretada a insolvência da “Companhia Nacional de Fiação e Tecidos de Torres Novas, S.A.R.L.” em 16 de Agosto de 2011.

fotos in: Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian

Sem comentários: