23 de agosto de 2013

Hotel do Golfe da Penina

Em 5 de Novembro de 1966, o Presidente da República Almirante Américo Tomaz, daria a primeira tacada no primeiro campo de golfe, de 18 buracos, no Algarve, a quando da inauguração do primeiro hotel de 5 estrelas do Algarve, o "Hotel do Golfe da Penina", em Montes de Alvor perto de Portimão. O taco e bola utilizados pelo Presidente ainda hoje estão expostos neste hotel.

                                             

 

A ideia da construção deste Hotel e campo de golfe, foi de John Benedict Stilwell, a quando das suas férias na Praia da Rocha, em 1961, com um grupo de amigos. Mr. John Stilwell nasceu em Lisboa em 1925, filho de mãe portuguesa e pai britânico.

                                                                               John Stilwell em 2009

                                                                      

Para tal, foi constituída a "Sociedade Turística da Penina, SARL", com sede na Rua S.Sebastião da Pedreira em Lisboa, onde John Stilwell além de principal accionista, era administrador. Mais oito accionistas, dos quais os seus cinco irmãos, faziam parte desta sociedade.

                                                     Postais promocionais a seguir à inauguração do Hotel

                                 

 

Esta sociedade viria a comprar um enorme terreno de 146 hectares em Montes de Alvor à prima da sua mãe, Dona Francisca Ferreira Pinto Basto, pertencente à dinastiaVista Alegre”. Este terreno que hoje alberga o, hoje denominado, "Le Meridien Penina Golf & Resort", não era mais que um enorme campo de arroz, onde abundava a água.

Em 5 de Novembro de 1966 era inaugurado o “Hotel do Golfe da Penina”, o primeiro hotel de 5 estrelas do Algarve, com 214 quartos com ar condicionado, piscinas, sauna, campos de ténis e, acima de tudo os três belíssimos campos de golfe desenhados por Sir Henry Cotton.

                                                                           Folheto promocional de 1968

                     

                     

Em Dezembro de 1968, o músico Paul McCartney passava férias no Algarve e numa noite, a caminho da discoteca “Sobe e Desce” no Carvoeiro, deslocou-se ao “Hotel do Golfe da Penina”, apenas para trocar 5 libras por «escudos». Foi reconhecido pela banda residente que ali tocava, os “Jotta Herre”. Quando estes, por volta da 1.30 da madrugada, ao convidarem McCartney a juntar-se a eles, e este aceitou … «Os “Jotta Herre” nem queriam acreditar... Às 4 da madrugada, após a bebida começar a surtir efeito, estava feita a canção que o Beatle ofereceu ao grupo e baptizou com o nome do hotel onde estava a passar férias».

          “Jotta Herre” com Thilo Krassman (de gravata)                          Paul McCartney na Praia da Luz em 1968

 

Os “Jotta Herre” - grupo oriundo do Porto era formado por Carlos Pinto, Aníbal Cunha, Guiseppi Flamínio e Rui Pereira eram o grupo residente do “Hotel do Golfe da Penina” - gravaram o disco “Penina”, da etiqueta Philips que foi lançado em 1969. A mesma música viria a ser gravada posteriormente por Carlos Mendes, existindo ainda uma versão dos próprios Beatles em disco colectânea de músicas oferecidas por John Lennon e Paul McCartney. Escusado será dizer que o Hotel  não mais largou o grupo.

   

Em Fevereiro de 2008 os hoteis “Le Meridien Dona Filipa Hotel”, em Vale do Lobo, e “Le Meridian Penina Golf & Resort ” ,em Montes do Alvor perto de Portimão, foram comprados pelo sheik saudita Mohamed Bin Issa Al Jaber, através da sua empresa “JJW Hotels & Resorts”, - subsidiária da “MBI International & Partners” -  por 185 milhões de euros, à “Starman Hotels”, joint-venture constituída pelo banco de investimento norte-americano Lehman Brothers e Starwood Capital Group, que tinha adquirido o “Hotel do Golfe da Penina”  em 2005.

Em 2010 o “Le Meridian Penina Golf & Resort Hotel”, com 175 funcionários, esteve à beira da insolvência, sendo o principal credor da empresa proprietária "JJW Hotels & Resorts", a empresa "Sociedade Turística da Penina S.A.", mas entretanto salvo por um  Plano Especial de Revitalização (PER), em que o sheik saudita, já dono do Hotel Dona Filipa, em Vale do Lobo, Hotel  Pinheiros Altos, na Quinta do Lago, e o Hotel Penina decidiu pagar 100 milhões de euros ao Banco Comercial Português, resolvendo assim as petições para declarar como insolventes este hotel e outras empresas.

                     

 

                     

Actualmente o “Le Meridian Penina Golf & Resort”, de 5 estrelas, dispõe de 196 quartos e da maior piscina exterior, existente em Portugal numa unidade hoteleira, 6 campos de ténis, campo de futebol e ginásio, equitação, clube infantil "Aldeia dos Pinguins", e três campos de golfe.

 

E para terminar, aproveito um anúncio à inauguração do “Hotel do Golfe da Penina”, para recordar a publicidade aos colchões da “Molaflex”, felizmente ainda «viva», e com 62 anos de existência.

                                              

fotos in: Blog Turismo do Algarve, Delcampe.net, Le Meridian Penina Golf & Resort

3 comentários:

João Menéres disse...

Interessantíssima postagem !
Atribuo a esta 5* ( sem favor ) !
Não sabia da passagem do Paul pelo local.
E a música...será que alguma vez a ouvi ?

O Hotel ainda se denomina assim ou é TIARA ?

Um abraço e obrigado.

José Leite disse...

Caro João Menéres

Muito grato pela sua generosa classificação.

O Hotel actualmente chama-se: "Le Méridiem Penina Golf & Resort"

Um abraço

José Leite

P. Miranda disse...

https://www.youtube.com/watch?v=w2wUQlcg0tI