20 de novembro de 2016

Geladaria Santini

A primeira loja “Gelados Santini” abriu as suas portas na praia do Tamariz, no Estoril, no dia 26 de Agosto de 1946. O seu fundador foi Attilio Santini Mosena (1907-1995), que continuou a tradição de família, o fabrico do gelado. Refira-se que, no dia da inauguração, Santini ofereceu gratuitamente todos os gelados a quem aparecesse.

“Gelados Santini” na praia do Tamariz

Santini.5

Em 1938, em consequência ds acontecimentos que, a partir da Alemanha e com forte impacto na Itália, indiciavam o eclodir da Guerra na Europa, levam-no a emigrar para Espanha. Santini abre uma geladaria em San Sebastian. Em 1940, muda-se para Barcelona, para a Calle Vergara, abrindo a “Gellataria Capri”, que será encerrada posteriormente devido à concorrência da “Frigo”. Em 1944, já vivia na cidade espanhola de Valência, onde tinha aberto o “Santpol Café”, e onde conheceu a sua futura esposa, Isabel Catalan Saez.. É também nesta cidade que conhece o cônsul português João Moraes, que desafia Santini a mudar-se para Portugal.

Attilio Santini (1907-1995)

Assim já em Portugal, abre a 26 de Agosto de 1946, na Praia do Tamariz no Estoril a geladaria “Gelados Santini”, sendo a sua habitação no piso superior da mesma.

 

Attilio Santini

 Santini.8

Nessa altura, a família Santini habitava no andar de cima do estabelecimento dos gelados, disponibilizando a sua casa, em várias ocasiões, para servir como camarim para os membros da família real espanhola, exilada no Estoril e que na época de Verão frequentavam a praia do Estoril. Aliás, a sua permanente ligação às casas reais que tinham residência no Estoril e Cascais foi uma marca deste "aristocrata dei gelatti", casos do Rei Humberto de Itália, Princesa Maria Gabriela de Sabóia, Princesa Maria Beatriz de Sabóia, Princesa Maria Pia de Sabóia, para a qual serviu os gelados no dia de seu casamento com Alexandre da Jugoslávia, que teve ligar no Hotel Palácio”.

Príncipe D. Juan Carlos, Princesa D. Sofia, Infanta Elena, S. A. D. Margarita. Na foto da esquerda e em primeiro plano
Felipe de Bourbon, príncipe das Astúrias, (actual Rei de Espanha) na “Santini”  em 1968

    

Em 31 de Outubro de 1961, Attilio Santini abandona o Tamariz muda a “Gelados Santini” para Cascais, onde, antes de se fixar na Avenida Valbom a partir de 8 de Setembro de 1971, já possuía uma das lojas do antigo Cinema “S.José”, desde Junho de 1960. Perto da fábrica dos gelados, em S. João do Estoril, abriria uma filial. Attilio Santini viria a falecer em 3 de Agosto de 1995, aos 88 anos.

Instalações da “Santini” no edifício do Cinema “S. José” em Cascais

 

“Santini” na Avenida Valbom nos anos 70 do século XX, em Cascais

Em 6 de Setembro de 2012 a “Santini S.A.” , detida em 50% por Filipe de Botton accionista e Co-CEO da “Logoplaste”, inaugurou no renovado Mercado Municipal de Carcavelos a sua fábrica de gelados, a que chama de “Laboratório de Gelados Santini”, tendo como administrador executivo Martin Botton.

 

 

Fotos in: Histórias Contadas, Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian (Estúdio Mário Novais), Delcampe.net, Real Villa de Cascaes

Sem comentários: