4 de setembro de 2013

Hotel Espadarte

Aproveitando o incremento do turismo de pesca desportiva ao espadarte, promovida a partir de 1954 e, praticada sobretudo, por médicos lisboetas como Manuel Frade, e Arsénio Cordeiro, José Pinto Braz, fundou a “Pensão Espadarte”.

“Pensão Espadarte

Ao fundo, o local onde seria construída a “Pensão Espadarte”                     “Pensão Espadarte” em construção

  

A “Pensão Espadarte” foi inaugurada em Julho de 1957 e tinha 60 quartos. Depois de ampliada e obtido o alvará de hotel passa a “Hotel Espadarte” com 80 quartos. Ao mesmo tempo promove a pesca desportiva ao espadarte. Com divulgação no norte da Europa, uma inovação na insipiente promoção turística local, foi deste modo que Sesimbra entrou nas rotas do turismo internacional.

             18 de Julho de 1957

 

 

Para tal, o Hotel possuía um barco, que levava os pescadores desportivos e aiolas até aos pesqueiros. De seguida, cada um embarcava numa aiola, com um pescador profissional de Sesimbra aos remos, e o pescador desportivo com a cana de carreto de dimensões especiais. O médico lisboeta e entusiasta, Arsénio Cordeiro até inventou uma cadeira especial para esta pesca nas aiolas, que está hoje no Museu Municipal de Sesimbra.

«Aiola» durante a pesca ao espadarte

Arsénio Cordeiro viria a escrever um livro sobre essa pesca específica. A fase da "luta", que podia durar horas, durante a qual o peixe preso arrastava a aiola, era especialmente perigosa, e dependia da destreza e força braçal do pescador aos remos, para evitar que a embarcação se virasse. Recordo que a primeira captura de espadarte, nesta modalidade desportiva, ocorreu em 31 de Outubro 1954, por Manuel Frade. O ritual da captura terminava com uma foto na "forca" (pórtico de madeira) colocado frente ao “Hotel Espadarte”.

Captura de espadarte em 1972, pelo sr. Bataillou, e seu auxiliar o pescador sesimbrense Alfredo 'Corneta'

Este barco do “Hotel Espadarte” também servia para passeios turísticos, onde muitas vezes era feita uma belíssima e afamada “caldeirada de peixes” sesimbrense.

O “Hotel Espadarte” também ficou conhecido pelos seus bailes de Carnaval.

Fernando Tordo actuando num dos famosos bailes de Carnaval

                                                                          foto de Valdemar Capítulo

Na foto seguinte: estudantes do “Colégio Costa Marques” entregando flores a turistas, na esplanada do restaurante do “Hotel Espadarte” . Tratava-se de uma iniciativa integrada na campanha "Abril em Portugal" nos anos 60 do século XX.

                                             foto do Arquivo Municipal de Sesimbra

Após o 25 Abril de 1974, este Hotel foi utilizado para alojamento de retornados, quebrando-se o fluxo turístico, já muito abalado pelos efeitos da Revolução.

Entretanto, José Pinto Braz, em 1976, muda-se para a Madeira e passa a promover a pesca desportiva, através da sua empresa “Turispesca”, obtendo um assinalável êxito comercial. Em 1983 venderia o edifício do “Hotel Espadarte”, que acabou por ser demolido, depois de ter encerrado definitivamente em 1990.

No seu lugar foi construído um novo hotel da cadeia internacional “Sana Hotels”. O novo “Sana Sesimbra Hotel” de 4 estrelas, com 100 quartos, piscina coberta e descoberta, jacuzzi, sauna, foi inaugurado em 2000.

 

 

Nota: Mais uma vez muito agradeço a colaboração de João Augusto Aldeia, proprietário do blog “Sesimbra” na cedência de algumas fotos.

fotos in: Sesimbra, Delcampe.net

Sem comentários: