7 de julho de 2016

Hotel Baía em Cascais

O “Hotel Baía”, localizado de frente da Praia da Ribeira em Cascais, e projectado pelo arquitecto Alberto Cruz (1920-1990), foi inaugurado em 17 de Abril de 1962. Lembro que este arquitecto seria o autor do projecto do Hotel Cidadela”, também em Cascais e inaugurado em 15 de Junho de 1966.

“Hotel Baía” por altura da sua inauguração

 

 

Folheto promocional

 

                                       Etiqueta de bagagem                                             Rótulo de garrafa de vinho branco

        

A construção do “Hotel Baía” «constituiu uma ‘peça’ centralizadora e significante de toda a enseada de Cascais (...) um marco, em termos urbanos e de paisagem litoral, com a sua escala contida e integradora» in Monumentos DGEM, 2004.

Este Hotel veio ocupar o lugar outrora ocupado pelo “Casino da Praia”, construído em 1873, e pelo “Hotel do Globo”, que existia desde 1893, assim como o “Hotel Lisbonense” e o “Hotel Central” que a partir de 15 de Maio de 1895 passaria a “Hotel Bragança”.. Nos anos 40 do século XX, do plano para um novo centro administrativo resultou o encanamento e aterro da Ribeira das Vinhas e a demolição das suas pontes. Nessa sequência foi traçada a actual Alameda dos Combatentes da Grande Guerra e projectada a reformulação urbanística junto à Praia da Ribeira, que implicou a demolição de alguns quarteirões quinhentistas, da muralha da Praia, e do Forte de Santa Catarina, bem como de vários outros edifícios (“Casino da Praia”, Mercado de ferro, “Hotel do Globo”, Edifício dos Correios). Deste plano, parcialmente executado, construíram-se os edifícios da “Lota” e da “Capitania do Porto de Cascais”, e mais tarde, em 1962,o “Hotel Baía”, configurando a actual frente urbana da baía de Cascais.

A belíssima baía de Cascais no início do século XX, com o “Casino da Praia” à esquerda na foto

Diferentes perspectivas históricas do espaço que viria a ser ocupado pelo “Hotel Baía” em 1962

                                           1905                                                            “Hotel do Globo” e “Mercearia Pedada”

 

Vista aérea após demolição dos edifícios nas fotos anteriores nos anos 40 do século XX

                       Praça dos Paços do Concelho                                                Esplanada da Praia da Ribeira

 

Clube Naval de Cascais

Alvo de sucessivas obras de remodelação, o “Hotel Baía” oferece actualmente 113 quartos, a maioria dos quais com varanda e vista para o mar, Piscina coberta e aquecida (no inverno) no último piso, bem como o terraço exterior e o “Blue Bar”, conhecido “Sunset Lounge Bar”.  No rés-do-chão, uma extensa esplanada, com serviço de bar e cafetaria, e o restaurante “Baía Grill”. O “Hotel Baía” dispõe ainda de 5 salas de reuniões e banquetes, totalmente equipadas com capacidade até 150 pessoas, assim como parque de estacionamento para 90 viaturas.

Obras de alteração do último piso do “Hotel Baía”, em 1969

“Hotel Baía” actualmente

 

 

 

 

fotos in: Arquivo Municipal de Lisboa, Real Villa de Cascaes, Delcampe.net

4 comentários:

João Menéres disse...

Também gostei de rever o antigo cais do Clube Naval de Cascais !

José Leite disse...

Caro João Menéres

Grato pelo seu comentário.

Já tenho reparado que tem especial gosto por Hotéis.

Os meus cumprimentos

João Menéres disse...

Hoteis, mas não só...
Quando velejava, ficava no Hotel Baía, de facto.
Estava ali à mão.

Um abraço.

José Leite disse...

Falei nos Hotéis porque o João tem comentado muitos dos hotéis que tenho publicado.

Pelo que fico sabendo que também já foi homem "do mar" como eu também já fui, mas era a motor porque vela dá muito trabalho e ... vento. :)

Abraço