21 de novembro de 2013

Reclamos Luminosos de Lisboa (3)

Rossio

 Avenida da Liberdade

   

                     Rua Brancaamp com a Rua Castilho                         Rua Artilharia Um com a Joaquim António de Aguiar

        

fotos in: Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian

3 comentários:

Manuel Tomaz disse...

Para um rapaz com 13 anos, vindo da província no princípio dos anos 50, Os reclames luminosos de Lisboa, eram um espetáculo inolvidável que não me cansava de admirar ao longo da noite. Posteriormente foram proibidos penso que pela CML, mas também hoje já não teriam o mesmo impacto.
Os meus cumprimentos,
Manuel Tomaz

António Rodrigues disse...

Gostaria de deixar aqui apenas um bem haja a este blog ,um blog que vai para a fasquia dos melhores que já vi . Um trabalho esplêndido . Embora eu tenha apenas 36 anos , estas "viagens ao passado" fascinam-me imenso . Espero que este blog tenha o reconhecimento devido, pela minha parte .vou passar a divulga-lo sempre que tiver oportunidade . Mais uma vez ,parabéns pelo belo trabalho .
António Rodrigues

José Leite disse...

Caro António Rodrigues

Muito grato pelas suas amabilíssimas palavras em relação a este blog.

Os meus cumprimentos

José Leite