12 de novembro de 2013

Antigamente (84)

Manifestação e concentração de vini-viticultores frente à Câmara Municipal de Lisboa em 1928

 

Agência de Viagens “Estoril Tours”

Restaurante “Floresta” no Gingal, em Cacilhas

Restaurante Gingal Restaurante Gingal.2

“Teatro dos Fantoches” no Parque Mayer em 1929

fotos in: Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian, Delcampe.net

5 comentários:

João Celorico disse...

Caro José Leite,
apenas uma ligeira correcção ortográfica. A "Floresta" é no Ginjal e não Gingal.
O Ginjal, vá-se lá saber porquê o nome. Não parece muito natural, à beira rio, mas...É um local mítico, pois, noutros tempos, era uma festa dizer que se ia almoçar ao Ginjal. Tal como a Floresta, lá estavam "O Grande Elias" e "O Gonçalves" que não sei se ainda hoje lá estão.

Melhores cumprimentos,
João Celorico

José Leite disse...

Caro João Celorico

Grato pela sua correcção. Tem toda a razão.

Quando publiquei este artigo estava com pressa, pelo que ... "a pressa é inimiga da perfeição" ...

Os meus cumprimentos

José Leite

Infor Paulo disse...

Amigo José Leite, já algum tempo que acompanho o seu Blog.
Posts como a história da CUF, imagens e histórias de uma Lisboa que em parte só existem nas minhas recordações, fazem com que eu acompanhe o seu magnifico Blog.

Floresta no Ginjal, local de grandes e boas recordações, era da praxe nos anos 70 ir uma vez por mês almoçar lá com os meus Pais.
Obrigado por mais estas boas recordações.
Um abraço
Paulo Rodrigues

José Leite disse...

Caro Paulo

Muito obrigado pelo seu comentário e pelas suas simpáticas palavras em relação ao meu blog.

Os meus cumprimentos

José Leite

Anónimo disse...

O José Leite faz um autentico serviço público - a rapaziada da outra banda dizia " vamos ao gingal",não se falava do restaurante, era secundário - só agora é que soube o nome do restaurante