16 de outubro de 2013

Instituto Medicina Legal de Coimbra

Colégio de Jesus edificado na Alta de Coimbra para uso dos mestres e alunos que frequentaram a Universidade de Coimbra até à respectiva expulsão em 1759.

Quando da reforma da Universidade de Coimbra, em 1772, o Marquês de Pombal determinou que a igreja devoluta passasse a funcionar como Sé Catedral, tendo afectado o restante edifício à Faculdade de Medicina e à Faculdade de Filosofia Natural (Museu de História Natural).

                                 Colégio de Jesus                                   Morgue de Coimbra/Instituto de Medicina Legal de Coimbra

 

Jardim interior

Foi em salas anexas ao Museu de História Natural que o Prof. Doutor Adriano Lopes Vieira fez instalar a Morgue de Coimbra/Instituto de Medicina Legal de Coimbra  em finais do ano de 1899.

As fotos publicadas a seguir, são dos anos 20 do século XX.

                                Biblioteca e Sala de Sessões do Conselho Médico-Legal e Secretaria da Morgue

 

                                            Gabinete do Director do Instituto de Medicina Legal de Coimbra

 

Foi  Colégio de Jesus onde funcionaram os serviços médico-legais de Coimbra entre 1899-1956.

                   Laboratório das análises toxicológicas                     Laboratório de Antropologia e identificação de cadáveres

 

                  Laboratório de fotografia da Morgue                                                       Laboratório geral

 

 Anfiteatro anatómico ou Sala de autópsias da Morgue

             Sala de preparações da anatomia patológica                            Sala de exames de clínica médico-legal

 

Sala de aula com retratos dos diversos directores

No gravura seguinte a planta da Alta de Coimbra com a localização dos espaços ocupados pelos serviços de Medicina Legal. O n.º 12 corresponde ao edifício do Colégio de Jesus que albergou a Morgue de Coimbra (1899-1918) e o Instituto de Medicina Legal de Coimbra (1918-1956). O n.º 4 reproduz a planta da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. A grande ala que se prolonga em direcção ao Colégio de Jesus acolheu em 1956 o Instituto de Medicina Legal de Coimbra.

Na foto seguinte a fachada traseira da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. O projecto da autoria do arquitecto Licínio Guia da Cruz, inaugurado em 1956, contemplava uma extensa ala pensada pelo Prof. Doutor Almeida Ribeiro para os serviços de medicina legal.

                                 

Na actualidade, o edifício alberga a Delegação do Centro e o “INML - Instituto Nacional de Medicina Legal”, estando prevista a transferência da totalidade dos serviços para o Pólo III da Universidade de Coimbra.

“INML - Instituto Nacional de Medicina Legal”, tem sede em Coimbra, e delegações nesta cidade, no Porto e em Lisboa. É da tutela das delegações identificar cadáveres, proceder a autópsias médico-legais, embalsamentos, realização de perícias e exames em pessoas suceptíveis de danos provocados na integridade física e psicológica.

Fotos e algum texto in: Rede de Conhecimento da Justiça (Ministério da Justiça) © Secretaria-Geral do Ministério da Justiça

Sem comentários: