29 de junho de 2013

Costa da Caparica (1)

Primeiro duma série de 4 artigos com fotos da Costa da Caparica, dos anos 40 aos anos 60 do século XX.

As suas referências históricas remontam, a um documento de D. Afonso V, sobre os bens e as dívidas do falecido do conde de Abranches, em que refere que o seu avô, Vasco Lourenço de Almada, tinha instituído um morgadio a que vinculara bens na Caparica e pinhais em Almada a uma capela, na Igreja de S. Mamede, em Lisboa.

Segundo a lenda(?), pelo ano de 1800 construíu-se na Costa da Caparica a primeira casa de pedra e cal (casa da Coroa), onde reza a história ou a estória se terá alojado em 1824 El-Rei D. João VI que aí terá comido uma deliciosa caldeirada e, por essa razão foram colocadas na frontaria da casa as armas reais. Além de João VI também terão passado por este local da Costa da Caparica Sua Alteza Real D.  Maria II, El-Rei D. Pedro V e sua real consorte D. Estefânia.

                                                                         

Até ao ano de 1926, quando da sua integração na freguesia da Trafaria, a Costa era apenas mais um lugar da vasta freguesia do Monte da Caparica, a qual incluía entre outras, as povoações da Fonte de Telha, Charneca, Vale Fetal, Sobreda, Banática, Fonte Santa e Porto Brandão.

A Junta de Freguesia da Costa da Caparica foi criada em 1949, e depois de ter sido elevada a Vila em 9 de Julho de 1985, foi elevada a cidade, em 9 de Dezembro de 2004, pertencendo ao concelho de Almada.

                                 

                                 

                              Estrada Cacilhas-Costa da Caparica (subida para os Capuchos) e anúncio de 1934

         

                                  

                                  

                                  

fotos in: Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian, Delcampe.net

Referências históricas no site da Freguesia da Costa da Caparica

Sem comentários: