20 de abril de 2011

Garagem Auto-Palace

A “Auto-Palace” da “Sociedade Portuguesa de Automóveis, Lda.” foi fundada em 1904, na Rua Jardim do Regedor em Lisboa e propriedade de Manoel Joaquim Alves Diniz.

Sede da “Auto-Palace”, na Rua do Jardim do Regedor , em 1908       

Publicidade de 1905

Instalações na Rua Jardim do Regedor em 1905

 1905 Auto-Palace (31-10).2

 

Famoso e raro exemplar da arquitectura do ferro, o edifício da Garagem Auto Palace foi considerado uma das 100 Obras de Engenharia mais relevantes do século passado. O projecto foi assinado pelos conceituados construtores Vieillard & Touzet em 1906, sendo a estrutura metálica projectada por Gustavo Eiffel, e o construtor Guilherme Francisco Baracho. Foi inaugurada em 1908.

Janeiro de 1908

1908 Janeiro

Auto-Palace” na Rua Alexandre Herculano

Auto Palace (R.Alexandre Herculano).1

1913 Soc. Portuguesa de Automóveis

Publicidade na revista “Ilustração Portuguesa” no ano da sua inauguração, 1908

1907 Soc. Portuguesa de Automóveis

Maio de 1907

1908

1908

1908

Primeiro autocarro da “Companhia Carris de Ferro de Lisboa”, em 1912 saindo da “Auto-Palace”

Artigo na revista “Occidente”, em 1912

 

1914

1912 Soc. Portuguesa de automóveis.2

Aeroplano da “Auto-Palace” para a festa da “Batalha das Flores” em 1913

Em 1930 é adquirida por Alberto de Miranda Pombo

Merecem especial destaque os vitrais com motivos alusivos à actividade do edifício, em estilo Arte Nova, da autoria de C. Martins que decoram as partes laterais da fachada principal, datados de 1907. O próprio grafismo da palavra "AUTO-PALACE" é Arte Nova, bem como os vitrais do 2.º piso. Os vitrais do 2.º piso têm como temática o automóvel, enquadrado por um emaranhado de motivos florais (talvez de inspiração escocesa), sendo o conjunto nitidamente Arte Nova. Este edifício ocupa uma superfície de cerca de 910,76m2, e por um esqueleto de ferro laminado com uma altura de 17m.

                                                            Vitrais como motivos alusivos ao automóvel

        

Em 1955 a ‘Auto-Industrial’  adquire o edifício, e após profunda remodelação para permitir a ampliação dos serviços de assistência às viaturas vendidas em Lisboa, cuja concessão “General Motors tinha, entretanto, sido ampliada e tornada extensiva às viaturas “Opel”. Reabre ao público em 1956.

                                           Auto-Palace, actualmente e propriedade do “Grupo Auto-Industrial

Este edifício está classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

                                                 1905                                                                             1922

           

                                                                                     … 1926 …                                                                          

           

Na cidade do Porto também existiu uma garagem com nome semelhante, a “Auto-Palace” do Porto.

                                                                                  Anúncio de 1907

                      

A “Auto-Palace” do Porto, foi fundada em 1906 pelo João Garrido, na Avenida Rodrigues de Freitas. João Garrido foi o pioneiro e dinâmico propagandista do automobilismo nortenho. Fundador, em 1891, dos “Estabelecimentos João Garrido”, na cidade do Porto, foi introdutor dos motociclos em Portugal (1894) e dos triciclos com motor de explosão interna (189-). Foi fundador do primeiro clube automobilístico no nosso país, em Março de 1900, instituição de efémera existência. Na casa de  João Garrido, iniciou-se como mecânico de automóveis Benedito Ferreirinha, figura prestigiosa da tecnologia automobilística nacional. João Garrido representou entre outras marcas as Clément, Boyer, Decauville, Charron, Girardot & Voigt (C.G.V.).

fotos in: Arquivo Municipal de Lisboa, Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian, Hemeroteca Digital

Sem comentários: