10 de janeiro de 2011

Colares

Tornando á estrada , segue para Collares, formosa villa por onde corre o rio das Maçãs, situada sobre duas collinas, tendo , no valle, a encantadora varzea. Dista de Cintra 6 kilometros.
Doada por D.João I, ao condestável D.Nuno Alvares Pereira, foi passando aos diversos descendentes , ficando por ultimo patrimonio da Casa Real.
A varzea que se segue desde a Ribeira até ao Oceano, é rica de vegetação, tendo uma grande profusão de árvores de fructo e para terrenos de vinha.A sua perspectiva é deliciosa, e para a gosar, segue-se rio abaixo, n’um elegante barquinho, sob uma verdura, d’uma aragem fresca
”.

Neste excerto do ‘Guia do Viajante em Portugal e suas Colonias em África’ , publicado em 1907 ficamos a saber desde já um pouco da história de Colares. Mas temos mais …

     Estrada de Sintra- Colares em 1868                                    Várzea de Colares em 1900

 

         Colares estrada Várzea- Praia das Maçãs                           Caves Visconde de Salreu de 1920

 

                  Várzea de Colares nos anos 60                         Estrada e Eléctrico para a Praia das Maçãs

 

Villa distante 30 kilometros de Lisboa e 5 de Cintra: é abundante de escellente laranja e fructa, mas o que lhe dá mais valor é o escellente vinho do seu nome, reputado superior ao mais puro Borgonha ou Bordeaux. …

                               Rótulo de Vinho ‘Collares’ …                                  … e anúncio de 1957

             

1 comentário:

1143 disse...

bons tempos estes, obrigado pelas belas imagens do nosso antigo país , nação de portugueses.