21 de junho de 2010

Ligações Marítimas entre Portugal e o Oriente

As ligações entre as distantes colónias da Índia, Macau e Timor sempre foram difíceis, e sempre por via marítima até aos anos 50.

A 1ª  ligação marítima comercial entre Lisboa e Macau, teve lugar em 25 de Novembro de 1853 e terminada em 29 de Maio de 1854  efectuada pelo brigue (embarcação à vela com 2 ou 3 mastros com mastaréus de gávea e velas quadrangulares ) “Mondego” .

                                        Na foto um brigue similar ao “Mondego”, o “Pedro Nunes”

                                    

Após este “feito”, só em 15 de Agosto de 1889 é que Portugal inaugurou uma carreira regular para a costa oriental de África para Moçambique, atravessando o canal da Mancha. Com o vapor “Rei de Portugal”, pertença da Parceria Mala Real Portuguesa. Pertenciam, também, à Mala Real os paquetes Malange, Moçambique e Loanda

                                                                    Paquete “Loanda” de 1889

                               

                                                       Caixa do correio do Paquete “Loanda”

                                 Caixa do Paquete de Loanda

Este navio partiu em 15 de Outubro de 1889 para Moçambique já utilizando a rota do Cabo da Boa Esperança. este navio transportava 220 passageiros distribuídos por 1ª classe (75), 2ª classe (25) e 3ª classe(120)… a 14,5 nós consumia 72 toneladas de carvão por dia !!

Em 1907  a navegação portuguesa a vapor para África era feita em exclusivo pela "Empreza Nacional de Navegação a Vapor para a África Portugueza" e assegurava 1 viagem por mês para Moçambique .

                                        

                                                         Paquete “África” (1905-1932), da ENN

                                 

Em 4 de Abril de 1918 a "Empreza Nacional de Navegação a Vapor para a África Portugueza" passou a sociedade anónima e mudou para Companhia Nacional de Navegação CNN.

No início do século XX eram os “vapores” franceses da "carreira do oriente" que serviam os passageiros que de Lisboa queriam ir para Macau.

A inauguração da carreira para o Oriente, com o paquete “Índia”, só veio a dar-se em 3 de Abril de 1952 que transportando a bordo o Ministro do Ultramar,  Comandante Sarmento Rodrigues, visitou os territórios portugueses da Índia, Macau e Timor.

                                                         Paquete “Índia” (1951-1971), em 1952

                                 

                                                 Propaganda a esta carreira regular no ano de 1960

                                         

A rota seguida por o paquete “Índia” em 1960:
Lisboa, Port Said, Suez, Aden (optional), Singapore, Hong Kong, Macau, Díli. Regresso: Singapore, Porto Amélia (opcional), Nacala (opcional), Moçambique (opcional), Beira, Lourenço Marques, Lobito (opcional), Luanda (opcional), Lisboa.

No início dos anos 40 o transporte aéreo começou a ser uma séria alternativa à marítima. Ainda que nos primeiros tempos estas ligações aéreas fossem marcadas por diversas escalas para reabastecimento e trocas de avião. As escalas aconteciam em Bangkok, Rangum, Bombaim,Teerão, Atenas, Roma e Londres. Hong Kong era o destino final seguindo depois via marítima rumo a Macau para mais uma viagem de cerca de duas horas.

Uma das empresas mais em voga logo na década de 1940 foi a BOAC - British Overseas Airways Corporation, uma empresa aérea do Reino Unido. Surgiu como fusão da British Airways Ltd. e da Imperial Airways no ano de 1939. Em 1974 encerrou a sua actividade ao fundir-se com a BEA - British European Airways.

3 comentários:

natural mais disse...

Em viajei no India em 1953 para Timor e regressei no mesmo navio em 1958.
Fiz 6 anos 2 dias depois do 1º embarque.
Gostava de saber se seria possível ter o percurso exato da viagem, apesar de haver muita coisa que me lembro.

jamptrans disse...

Eu também viajei para Timor em 1953 e lembro-me de muita coisa durante a viagem (tinha 10 anos de idade). Tenmho a ideia que teremos partido por vonta dos princípios de Julho e chegado a Timor em Setembro. Se por acaso tiver mais elementos gostaria de os trocar comigo?

José Leite disse...

Caro "jamptrans"

A pedido da D. Graça Hébil repasso-lhe o contacto dela para poderem trocar informações:

gracadejesus@hotmail.com

«E pode dizer sff que de facto foi essa a viagem que saiu no início de Julho (2 ou 3) eu fiz 6 anos já no barco no dia 5 .» citação da mesma.

Os meus cumprimentos

José Leite