26 de dezembro de 2009

Cartazes do Cinema Português (2)

                 Manuel de Oliveira estreava-se como realizador de cinema, em 1942 com “Aniki Bóbó”

                                              

Um fiasco no ponto de vista comercial, que retratava a vida dos miúdos das ruas do Porto. Este contratempo obrigou o cineasta a retirar-se, e a abandonar outros projectos que tinha em mãos dedicando-se ao negócio das vinhas da família. Só reapareceu em 1956 com o documentário "O Pintor e a Cidade".

                                            De 1942, “Lobos da Serra”  de Jorge Brum do Canto 

                                  

                                                    De 1949, “Ribatejo”  de Henrique Campos

                                                

Sem comentários: